10 Dicas para Aumentar a Lucratividade das Pequenas Lavanderias

A lavagem de roupas deixou de ser uma necessidade básica e passou a ser um negócio intrínseco, visando não só a higiene mas a qualidade de vida de todos envolvidos no processo, e do meio ambiente.

Fundamentado no livro Manual para Lavanderias escrito pelo Professor Roberto Maia Farias – Diretor do IEP Planeta Lavanderia.

A indústria da lavanderia vem evoluindo de forma exponencial. Há uma necessidade latente de vida e isto inclui a higiene e limpeza. O mercado é crescente e contínuo, roupa se lava diariamente. O setor que até então era invisível aos olhos da sociedade, virou vitrine e passou a ser visualizado como mais uma alternativa de negócios e não tão somente uma necessidade básica de higiene.

O que antes era dominado pelos hospitais e hotéis que realizavam seus processos de lavanderia in-house, hoje competem e complementam as atividades industriais têxteis. A lavanderia como negócio deve ser bem planejada, bem dirigida, organizada e extremamente controlada. Conforme o volume de lavagem processada aumenta, entregar lucratividade requer um plano estratégico ainda mais sofisticado.

A competição intensa e as margens reduzidas forçam as pequenas lavanderias a terceirizar suas atividades para as lavanderias industriais, forçando-as a sair da competição. A pressão para que as lavanderias próprias continuem suas atividades sem comprometer suas margens faz com que os gestores busquem alternativas em sistemas de dosagem de produtos químicos, otimizando os processos e aumentando o volume de lavagem.

A Hydro fez uma pesquisa profunda e listou os principais pontos para que uma lavanderia comercial possa ter sucesso em suas operações de lavagem e garantir os lucros esperados em uma pequena operação;

null
<strong>2 – A importância de conhecer o Círculo de Sinner</strong><a class='dt-single-image' href='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1.jpg' data-dt-img-description=''><img class='wp-image-2596 alignright' src='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1-300x300.jpg' alt='' width='264' height='265' srcset='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1-300x300.jpg 300w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1-150x150.jpg 150w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1-180x180.jpg 180w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-1.jpg 500w' sizes='(max-width: 264px) 100vw, 264px' /></a></p> <p> </p> <p> </p> <p>O processo de lavagem é uma sequência de operações ordenadas, representados pela ação mecânica (batida da roupa na máquina), tempo, temperatura e ação química (produtos de lavagem). Este é o efeito sinergético do círculo de Sinner que significa apenas o processo de lavagem na lavanderia.</p> <p>A visão da lavanderia deve sair do específico (lavagem) para o geral (conforto e segurança sanitária da roupa). A evolução das fibras e composições têxteis, cores e estampas, a crescente variação dos tipos de sujidades (cosméticos, medicamentos, clima e hábitos de vida), fatores de segurança ocupacional, códigos de defesa do consumidor, a logística cada vez mais impactante e a sustentabilidade (Ética) são fatores que podem eternizar a lavanderia.</p> <p>“Essa visão sistêmica leva a lavanderia para um novo patamar de raciocínio empresarial.”</p> <p> </p> <p> </p> <p> </p> <p><a class='dt-single-image' href='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-2.jpg' data-dt-img-description=''><img class='wp-image-2598 alignleft' src='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-2-300x300.jpg' alt='' width='254' height='245' /></a></p> <p> </p> <p> </p> <p> </p> <p>O Círculo de Farias é uma interação de fatores que, somado aos já compreendidos no círculo de Sinner, passam a representar uma nova dimensão das influências do processo de lavagem de roupa.</p> <p>Lavar roupas deixou de ser uma operação simples e convencional, e passou a ser uma operação complexa que envolve benefícios como: lucratividade, higiene, tempo de vida útil da roupa, menor agressão às fibras, menor índice de reposição por desgastes, satisfação (roupas sempre novas, conservadas e limpas), eficiência (baixo índice de relavagem), menor desgaste dos equipamentos, menor agressão ao meio ambiente, menores riscos aos usuários e aos funcionários da lavanderia, menor índice de infecções por produtos agressivos, menor custo por quilo de roupa lavada, redução do tempo ou processo de lavagem, redução do custo de serviços (energia, água, vapor, etc.).Não é o Círculo de Sinner que impacta no ambiente (macro), mas o ambiente (Gráfico de Farias) que impacta no círculo de Sinner (microambiente).
<strong>6 – Estabeleça uma relação transparente com seus fornecedores</strong></p> <p>As fórmulas de lavagem são essenciais para garantir resultados positivos, elas devem ser estudadas para atender os padrões de sua lavanderia. Porém, cuidado: Evite mágicas. Seu fornecedor pode ser seu inimigo.</p> <p>Os processos de lavagem são definidos pelos fabricantes de produtos químicos. A elaboração das fórmulas é uma equação que compreende os métodos, processos e produtos para garantir a segurança sanitária e eliminar as relavagens. Debata cada formula de lavagem. A omissão pode comprometer os resultados financeiros.</p> <p>A relação deve ser transparente, os fornecedores devem apresentar aos clientes as planilhas abertas com relatórios que contenham métodos, processos e produtos, principalmente no sistema de preço fechado por quilo de roupa lavada. Os fornecedores não devem esconder os processos da lavanderia, pois isso pode mascarar os custos e comprometer os lucros.</p> <p> </p> <p><a class='dt-single-image' href='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3.jpg' data-dt-img-description=''><img class='aligncenter size-medium wp-image-2600' src='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3-300x300.jpg' alt='' width='300' height='300' srcset='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3-300x300.jpg 300w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3-150x150.jpg 150w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3-180x180.jpg 180w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-3.jpg 500w' sizes='(max-width: 300px) 100vw, 300px' /></a>
<strong>7 – Automatize sua lavanderia e aumente a segurança e a produtividade</strong></p> <p>A automação é um processo que potencializa a operacionalidade e minimiza os riscos de acidentes operacionais.</p> <p>Em uma lavanderia a automação pode ser aplicada a todo o processo, melhorando a gestão e o tempo de resposta, agregando mais confiabilidade. Também reduz os riscos mecânicos, elétricos, térmicos e ergonômicos,<br /> além dos potenciais riscos por contaminações químicas e biológicas que podem representar aos operadores.</p> <p>Nos processos de lavagem são incorporados os CLP (controladores). Responsável por acionar os dosadores que comandam o processo de lavagem em todas as suas etapas. Esses equipamentos são disponibilizados pelos fornecedores de dosadores que são comodatados pelos fabricantes de químicos como uma forma de otimizar os resultados. Cabe à lavanderia escolher a formatação adequada para os processos de lavagem adotados, os CLP devem ser práticos, com fácil programação, e com relatórios informativos de consumo para facilitar na hora da<br /> operação e auxiliar nas tomadas de decisão dos gestores.</p> <p><a class='dt-single-image' href='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia.jpg' data-dt-img-description=''><img class='aligncenter size-medium wp-image-2604' src='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-300x300.jpg' alt='' width='300' height='300' srcset='https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-300x300.jpg 300w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-150x150.jpg 150w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia-180x180.jpg 180w, https://hydrosystems.com.br/wp-content/uploads/2017/11/lavanderia.jpg 500w' sizes='(max-width: 300px) 100vw, 300px' /></a>

Fonte:

BLAIR-DAVIES, Alistair. Dispensing Advice – Giving In-House Laundries the Chemistry to Compete. Disponível em: < http://www.cleanmiddleeast.ae/blog-topic.php?TopicID=44>. Acesso em: 1 de nov. 2017.

CÂNDIDO, Índio; VIERA, Elenara. Lavanderia Hoteleira. 1 ed. Caxias do Sul: Educs, 2003.

FARIAS, Maia Roberto. Manual para lavanderias. 2 ed. Caxias do Sul: Educs, 2016

Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Share on LinkedIn
Linkedin

Compartilhar conteúdo